Quem Somos | Benefícios | Departamentos | Convenção Coletiva | Associe-se | Fale Conosco
 
 
» Notícias
 
 
 
Verba de 23 mil multas trabalhistas ajuda a pagar vacinas contra covid-19 

O dinheiro arredado com 23 mil multas trabalhistas em uma década está ajudando o país a comprar vacinas contra a covid-19. São R$ 268 milhões em multas, conforme apurado pela Fiquem Sabendo, agência de dados especializada na Lei de Acesso à Informação (LAI). A quantidade de vacinas adquiridas com esse recurso não está especificada.

O valor foi arrecadado pelo Ministério da Economia e é resultado de 23 mil multas trabalhistas aplicadas a 7.411 empresas em todo o país por infrações ocorridas na última década. Os valores são provenientes tanto de processos encerrados, como dos que ainda cabem recursos.

As maiores ações trabalhistas e as mais comuns

Entre os casos mais comuns que resultaram nessas multas, estão falta de anotações na carteira de trabalho (artigo 29 da CLT); falta de registro de empregado em carteira (art. 41); normas de segurança do trabalho (art.157); e casos de desrespeito ao período de descanso (art. 67), entre outros.

Na lista de autuadas por não respeitar as regras da Consolidação das Leis do Trabalho, figuram indústrias e empresas de diversos segmentos como agrícola, alimentação, construção civil, engenharia, transporte, combustíveis, farmácias e empresas de prestação de serviço em saúde.

O valor mais alto de uma multa em um processo ainda em andamento foi aplicado à varejista Via (ex-Via Varejo), em uma unidade em Recife (PE). Ela foi sentenciada a pagar R$ 19,7 milhões, por práticas discriminatórias descritas na Lei 9.029/95. A empresa opera as marcas Casas Bahia, PontoFrio e Bartira, além do e-commerce Extra.com.br

Em nota, a Via afirmou que não comenta processos jurídicos em andamento. "Reiteramos que somos muito claros em nossos valores e princípios de conduta. Nosso código de ética e conduta, distribuído para todos os nossos colaboradores, é o guia que regula todas as ações da empresa, sendo sua aplicação acompanhada por auditorias independentes", afirma a empresa.

 

 

08/06/2021 - uol  
 

Classe média sente mais o peso da inflação neste ano
15/06/2021  - Folha de São Paulo
A evolução doutrinária e cultural do assédio sexual no ambiente de trabalho
14/06/2021  - Estadao
Vacinação acelerada pode fazer 54% dos pequenos negócios retomarem faturamento até agosto
14/06/2021  - Estadao
Verba de 23 mil multas trabalhistas ajuda a pagar vacinas contra covid-19
08/06/2021  - uol
Poder de compra em Goiás recupera fôlego e pesquisa registra alta no consumo
08/06/2021  - O Popular
23,6 milhões pagam juro acima da média do mercado
07/06/2021  - O Popular
Comércio de Goiânia espera menor restrição no horário de funcionamento no Dia dos Namorados
01/06/2021
Funcionária gravou no celular 'paredão' de demissão em empresa
31/05/2021  - G1
Goiânia confirma restrições e veta comércio de bebidas após 23h em novo decreto
28/05/2021  - O Popular
Empresas preveem volta ao escritório em 2022 e adotam trabalho híbrido de forma permanente
25/05/2021  - Estadao
 
 
 
 
SECGURUPI - Sind dos Empregados no Comércio de Gurupi e Região
Av. Paraná, 850, Centro - CEP 77403-050 - Gurupi - TO
Telefones: (63) 3351-2752